Domingo, 31 de Maio de 2009
31 de Maio de 2009

 

Já se sabia que o rei do dia ROSA seria o morango. Acredito que sejam muitas as sobremesas onde o ingrediente principal será o morango, mas isso é excelente porque nesta altura do ano ajuda muito!

 

À última da hora fomos convidados para ir passar o dia em casa de uns amigos, como já não tinha tempo de fazer mais nada, levei esta tarte que foi um sucesso! E o melhor é que nem fica demasiado doce, fica uma tarte light e muito refrescante para os dias quentes que ainda andam por aí!

 

 

Esta receita foi combinada entre receitas minhas e pedaços de receitas que encontrei ao pesquisar para o dia ROSA. Misturei tudo e saiu assim:

 

Para a Base:

Ingredientes:

300g bolacha Maria

150g margarina de girassol

4 colheres de sopa de leite

Preparação:

Picar a bolacha na 123, juntar a margarina e o leite até fazer uma mistura homogenea (fica tipo uma bola). Colocar numa forma de aro amovível forrando o fundo e os lados. Levar ao forno a 180º durante cerca de 10 minutos. Retire do forno e deixe arrefecer.

 

Para o recheio:

Ingredientes:

125g morangos

1 iogurte natural

2 colheres sopa açúcar em pó

3 claras

3 colheres de sopa de açúcar mascavado

1 pacote natas batidas em chantilly

4 folhas de gelatina

Preparação:

Bata o iogurte com os morangos e o açúcar em pó no liquidificador e reserve. Bata as claras com o açúcar mascavado na batedeira e junte as natas já batidas em chantilly e bata mais um pouco. Adicione o preparado dos morangos e as folhas de gelatina previamente demolhadas em água fria e derretidas depois em banho maria.

 

Molho de morangos:

Ingredientes:

250g morangos

1/2 copo de água

5 colheres sopa açúcar mascavado

Preparação:

Num tacho coloque a água, os morangos cortados em pedaços pequenos e o açúcar. Leve ao lume e deixe ferver durante cerca de 10 minutos.

 

Depois de a base arrefecer coloque metade da mistura das claras e natas, depois adicione metade do doce de morango. Depois coloque a restante mistura de natas e claras e por fim o restante molho de morangos.

 

Decore a gosto!

 

Leve ao congelador até solidificar. Sirva de seguida.

 

 

Lá tive que ir de máquina em punho para casa dos meus amigos para finalizar a reportagem fotográfica. Assim que se cortou a primeira fatia fui tirar mais umas fotos enquanto todos esperavam para provar! O costume!

 

 

O que vale é que os meus amigos são muito pacientes!

 

 

E foi o que inventei para o dia ROSA, criado pela Mary, que nos obriga a colocar os neurónios em funcionamento. Desta vez já tinha até outra receita para o caso de esta não resultar... Mulher prevenida....

publicado por suzi às 00:43
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Terça-feira, 21 de Abril de 2009
21 de Abril de 2009

Sempre gostei de fazer farófias, principalmente porque há certas sobremesas que faço em que acabam por sobrar claras, aproveito-as sempre, ou para farófias ou para molotof ou para qualquer outra receita de claras. Congelo-as e quando me apetece facilmente descongelam e ficam perfeitas!

 

Desta vez saiu farófias mas com algumas alterações. Fiz com ovos moles pobres, com doce de morango e com chocolate... que pecado divino!

 

Vamos começar peças farófias:

 

Bata as claras em castelo (podem ser 4 ou 8, as que tiver) bem firme. Ponha um tacho ao lume com 350ml de leite, 4 colheres de sopa de açúcar, uma casca de limão e um pau de canela.

 

Depois de levantar fervura deixar ficar em lume brando e vai deitando colheradas de claras, depois de cozer um pouco vire-as mais 2 minutos e retire com uma escumadeira para uma travessa. Repita até terminar as claras.

 

 

Agora reservam-se as farófias na travessa e vamos fazer os ovos moles.

 

 

Ingredientes:
5 ovos
250 gr. de açúcar
150 gr. de água

2 colheres sopa rasas de Maisena

 

Preparação:
Leva-se o açúcar ao lume com a água e deixa-se ferver até fazer ponto de espadana (117º C).
Retira-se a mistura do lume, deixa-se arrefecer e adicionamos um pouco desta calda morna aos ovos.

 

 

Misturam-se os dois preparados e leva-se tudo ao lume de novo para cozer e engrossar, até os ovos-moles terem a consistência desejada. De seguida adiciona-se o leite de cozer as farófias, coado e retirando o limão e o pau de canela. Junta-se também um pouco de leite frio onde se diluiu a Maisena. Deixa-se engrossar novamente e deita-se por cima das farófias.

 

 

Leve ao frigorífico durante, pelo menos, duas horas. Depois de frio está pronto a servir. Quem gostar pode pôr canela por cima. Eu coloquei doce de morango feito como se pode ver aqui:

 

 

A mistura de sabores torna as farófias sublimes! Mas não fiquei por aqui... depois servi com chocolate. A receita do chocolate é a seguinte:

 

Ingredientes:

1 chocolate (200g)

1 pacote de natas de soja

 

Preparação:

Derreter o chocolate em banho maria e adicionar as natas. Leve ao lume até engrossar. Ao servir o chocolate deve estar morno. Deitar por cima das farófias.

 

 

E pronto! O único problema é que estas farófias desapareceram todas num instante...

 

5
publicado por suzi às 08:43
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Sábado, 18 de Abril de 2009
18 de Abril de 2009

 

 

Eu sei que o dia vermelho já passou, mas comprei 2 kg de morangos em promoção e não resisti a fazer este doce, não só para comer com pão ou bolachas mas também para aplicar em sobremesas e, como tenho algumas na manga, aporoveitei!

 

Aqui em casa os morangos são muito apreciados por todos, mas sobraram para fazer este doce magnífico. Fiz com base em várias receitas, mas principalmente na que a minha mãe faz.

 

Ingredientes:

1 kg de morangos

650g açúcar

1/2 limão (sumo)

 

Preparação:

 

Colocar os morangos num tacho, de preferência sem fundo térmico, cortado em rodinhas fininhas e deitar por cima o açúcar e o sumo do limão.

 

 

 

Levar ao lume até levantar fervura. Deixar ferver, mexendo várias vezes, durante cerca de 30 minutos. A meio deve tirar-se do lume e reduzir a puré com a varinha mágica. Se quiser bocadinhos de morango não reduza na totalidade que foi o que fiz.

 

 

Nesta foto vê-se o doce ao lume. A espuma que se forma deve ser retirada com uma escumadeira para não estragar o doce. De qualquer modo podem ir pondo numa tacinha porque depois do doce feito, come-se em cima de um bolinho, ou até mesmo assim, porque é deliciosa, pelo menos para mim que sou muito gulosa!

 

 

Rendeu 3 frascos e meio. Ficou pouco apurado mas isso depende do gosto e da intenção com que se faz, eu como quero o doce para utilizar a curto prazo em sobremesas ficou com a consistência desejada. Pode deixar mais um pouco ao lume tendo o cuidado de não deixar passar o ponto.

 

Está um 'must'!

tags: ,
6
publicado por suzi às 11:34
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
suzise7epecados
Ideias recentes
 
messenger_code_117968768348004_2
Tags
Arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

Mais comentados
Comentários recentes
  • Boa tarde,Ainda tem kefir para doar?Pago os portes...
  • Uma delícia!! Fiz uma pequena alteração em vez de ...
  • Menina, isso está uma tentação! Boa semana! :)
  • olá,Sou grande apreciadora do kefir. Tenho grão pa...
  • O leite condensado não é cozido.Cumprimentos,
  • LEite condensado cozido ou nao?
  • fiquei sabendo que o kefir com canela é bom para d...
  • O meu yogurte de kefir esta muito ácido o q fazer...
  • Posso fazet rm forma sem buraco?
  • Excelente receita. Já fiz: fica linda, mas excessi...
  • Links
    RSS