Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SE7E PECADOS

Este blog destina-se a divulgar receitas experimentadas por mim, adoro cozinhar, principalmente doces, receitas da minha avó, da minha mãe que me recordam o cheiro dos tempos de criança. E outras encontradas por esses blogs fora...

17
Abr09

Pão Master Mix

suzi

Este pão não era para ser nada disto! Calmamente ia fazer o pão de centeio que ainda não o postei por aqui, mas quando cheguei à dispensa - onde é que estava a farinha de centeio? Tinha acabado! Tive que inventar e socorrer-me do que havia. O resultado não podia ter sido melhor e o pão ficou excepcional. Já o meu avô dizia que 'a necessidade aguça o engenho'!

 

 

A receita que fiz foi a seguinte:

 

Ingredientes:

360 ml de água 

2 colheres de sopa de azeite

1 e 1/2 colher de chá de sal

2 colheres sopa açúcar

2 colheres sopa leite em pó

3 copos (medida da MFP) de farinha de trigo para pão

1/2 copo de farinha de milho

1/2 copo de farinha de soja

1/2 copo de flocos de aveia

15g fermento fresco ou 2 colheres chá de fermento seco

2 colheres de sopa de sementes de linhaça

1 colher de sopa sementes de girassol

1 colher sopa sementes de sésamo

 

Coloque todos os ingredientes na MFP pela ordem indicada excepto as sementes. Escolha o peso 900g, a tostagem do seu agrado e utilize o ciclo Integral ou Normal. Quando soar o bip colocar as sementes.

 

Se utilizar o fermento fresco, este tem que ser diluído na água morna logo no início.

 

Uma vez fiz um pão de milho que correu tão mal que nunca mais exprimentei! Esta invenção correu muito bem! O pão ficou excelente!

16
Abr09

Soja alla Genovesa

suzi

Esta foi a derradeira experiência! As cobaias foram os meus filhos que são os mais difíceis no que concerne às novidades. Eles adoraram e inclusivamente adjectivaram de 'delicioso'. Sem dúvida que é de continuar a inovar. A soja granulada é a melhor porque todas as crianças adoram a carne picada, nada mais parecido, o jantar foi aprovadíssimo!

 

 

Fiz assim:

 

A soja fica demolhada durante cerca de duas hora. Escorre-se e é temperada com alho, massa de pimentão, sal, pimenta, noz moscada, louro e vinho branco. Fica assim de um dia para o outro. Depois faz-se um refogado com cebola, concentrado de tomate e adiciona-se mais um pouco de vinho branco, um pouco de água e deita-se umas gotas de molho de soja. Deixa-se cozinhar e quase no fim adiciona-se uma lata de cogumelos.

Coze-se o esparguete al dente, coloca-se no prato e por cima deita-se a soja, adiciona-se molho Pesto alla Genovesa (pesto de mangericão), queijo ralado e para quem gosta um pouco de picante caseiro.

 

O resultado final assemelha-se a uma Bolonhesa! Foi um sucesso esta experiência. Para quem começa agora nas lides da soja tenho a dizer que o segredo está no tempero porque a soja em si não tem muito sabor.

 

É muito saudável e ajuda a diminuir os níveis de colesterol que é uma constante nas nossas vidas devido à nossa alimentação. Não pretendo ser vegetariana mas sim integrar os alimentos vegetarianos na minha alimentação no sentido de evitar comer carne de vaca e porco.

 

E está a correr muito bem!

16
Abr09

Lemonade Award

suzi

 

 

Recebi este blog de uma blogueira muito querida que é, como já sabem, a Rute! Este prémio tem um significado muito especial porque é atribuído a pessoas  que demonstrem activismo e atitude, sendo também um reconhecimento à pessoa que escreve e partilha. Isto é, para mim muito importante, porque eu tento sempre aprender, evoluir e ter, realmente, uma atitude positiva e evolutiva. O símbolo do carrinho de limonada significa que, em tempos idos, as crianças que vendiam limonada para conseguir realizar um dinheirito, demonstravam já força interior e vontade de lutar.
 

Mais importante foi este prémio por me ter sido dado pela Rute. Muito obrigada!

 

Vou fazer apenas 4 nomeações a blogueiras que são pessoas que têm uma atitude muito positiva e dinâmica. O prémio não é obrigatório ser passado a outras pessoas, quem quiser passa, que não quiser não passa. Eu achei que devia atribuir a alguns blogs/blogueiras:

 

Moira do Tertúlia dos Sabores

Isabelocas do Pantagruela

Ameixinha do Canela Moída

Carlita do Receitas da Carlita

 

Aproveito este post para falar um pouco do dia de ontem, quero agradecer a todas/os pelas visitas e também pela simpatia. É verdade que é muito agradável ouvir os vossos elogios pois tenho-me esforçado sempre para apresentar coisas de que gostem. É com muito carinho que mantenho este blog para partilhar as minhas experiências e já tenho aprendido muito tanto com os comentários como com os vossos blogs! Está criada uma comunidade bastante unida e isso ajuda-nos a todas a evoluir e crescer! Obrigada a todas!

 

Venha o dia VERDE a 29 de Abril!

15
Abr09

Dia da Cor Vermelho - Cheesecake - The Master Piece

suzi

 

Hoje é o dia do Vermelho, por isso tinha que deixar aqui algo de especial. Sei que, para muitas pessoas o cheesecake é banal, mas para mim não é. É apenas um dos meus bolos favoritos! Por isso podem perguntar porque é que é a primeira vez que o faço? Porque tinha que ser perfeito e eu ainda não tinha a forma com o aro amovível (daahhh), nunca tinha calhado! A receita foi-me dada por uma antiga colega há uns 10 anos... Só agora é que o fiz e digo-vos que isto é a minha 'Master Piece'. Ficou divinal, melhor no dia seguinte, mas não resisti à tentação e provei-o umas horas depois, nota-se diferença na consistência.

 

Só não o fiz com doce de morango feito por mim porque fi-lo no domingo de Páscoa e não havia morangos... estava tudo fechado! Tive que fazer com doce de compra que tinha comprado uns dias antes a pensar já nesta iguaria por isso até decidi fazer com o de Framboesa. Mas já comprei uns quilinhos de morangos para fazer o doce!

 

Tinha outras ideias mais originais mas este dia foi um motivo para me empurrar a fazer esta delícia e que afinal é tão fácil! Tabus...

 

A receita é a seguinte:

 

Para a Base

Ingredientes:

200g bolacha Maria ralada

80g margarina derretida

Noz Moscada (raspa)

Leite q.b.

 

Preparação:

Picar a bolacha na 123, juntar a noz moscada, a margarina derretida, e um pouco de leite, mexendo sempre, até conseguir formar uma bola. Forrar o fundo de uma forma de aro amovível, levar ao forno durante cerca de 10 minutos a 180º. Deixar arrefecer.

 

 

Para o Recheio

Ingredientes:

200g queijo creme (tipo Philadelphia)

1 chávena de açúcar em pó

2 pacotes de natas batidas

2 colheres sopa açúcar

 

Preparação:

Se não tiver açúcar em pó pode picar o açúcar normal na 123. Juntar o queijo e bater bem. Bater as natas em chantilly com as colheres de sopa de açúcar e deitar por cima da base já arrefecida. Levar ao frigorífico.

 

 

Para a Cobertura:

Ingredientes:

1 frasco de doce de framboesa

 

Preparação:

Deitar o doce sobre a mistura das natas com queijo depois de solidificadas.

 

 

Agora leve ao frigorífico de um dia para o outro, se conseguir. Eu não consegui! E o resultado foi este:

 

 

Estava a precisar de solidificar mais um pouco, mas ficou uma delícia!

 

 

 

A experimentar, sem dúvida!

 

Nota: demorei uns anitos para descobrir que o icing sugar se pode fazer fácilmente com o 123 em vez de pagar um balúrdio por 250g. Estamos sempre a aprender!

 

Agora resta saber qual a cor que se segue!

14
Abr09

Chá

suzi

 

Há algum tempo atrás que prometi deixar aqui um post sobre chás. Tenho algumas plantas de chá porque adoro chás e prefiro os meus do que os de compra porque nem sempre são tão saudáveis!

 

Estas informações são muito úteis hoje porque a Páscoa foi excelente para fazermos as nossas 'asneiras' gastronómicas. Agora é tempo de os chás nos ajudarem a deixar para trás os disparates!

 

Chá de Limão - É muito bom para as gripes e constipações. Ferver água com uma casca de limão. Para quem gostar adicionar uma colher de chá de mel

 

 

Chá de Príncipe - É uma planta medicinal, usada em medicina popular, sendo, para esse efeito, utilizadas as folhas que, em infusão, têm propriedades febrígugas, sudoríficas, analgésicas, calmantes, anti-depressivas, diuréticas e expectorantes além de ser bactericida, hepato-protectora, anti-espasmódica, estimulante da circulação periférica, e estimulante estomacal e lácteo.

É delicioso, e, para mim, chá é sem açúcar! Normalmente utilizo este chá quando alguém tem indisposições de estômago.

 

 

Chá de Alecrim - Ajuda a recompor o sistema nervoso após uma longa atividade intelectual. 

Ajuda o corpo a assimilar o açúcar, por isso é ótimo para diabéticos.

É digestivo e sudorífero.

É excelente contra anemia, menstruação insuficiente e problemas de irrigação sanguínea.

É excelente contra resfriado e bronquite.

É indicado para tendinite e dores musculares.

É indicado para problemas no coração, como arritmia cardíaca.

É ótimo contra cansaço mental e estafa.

É ótimo contra perda de memória e aumenta a capacidade de aprendizado.

É ótimo para a saúde da pele e contra lesões e queimaduras.

É útil contra queda de cabelo e caspa. Nesses casos, pode-se beber o chá e enxaguar o cabelo com ele.

Equilibra a temperatura do sangue e de todo o corpo.

Estimula o metabolismo, agindo no fígado e melhorando a irrigação dos órgãos.

Fortalece o centro vital e age em todo o organismo.
 

 

Chá de Lúcia Lima - O paladar adocicado da lucia lima é empregue para a ajudar na prevenção das dores de estômago. Tem ainda propriedades que contribuem para o combate as afecções digestivas e anti espamódicas (dispepsia, má digestão).
 

 

Chá de Hortelã Pimenta -  Os gregos e os egípcios utilizavam-na como estimulante e tónico nervoso. A medicina ayurvédica indiana utiliza-a para tratar feridas bucais, náuseas, promover a digestão e aliviar infecções respiratórias. Nós por cá, utilizamos tradicionalmente a infusão para acalmar distúrbios estomacais e ajudar a digestão de refeições pesadas. A hortelã fresca é usada para aromatizar receitas culinárias, aplicação que provavelmente adquirimos da cultura árabe.

 

É excelente para decorar sobremesas!

 

 

Para fazer os chás tenho esta bolinha mágica que não permite as folhinhas soltas e não é necessário coar o chá!
 

 

Colocam-se as folhas dentro da bola, fechamos a bola e colocamos dentro do recipiente que vai ao lume ou mesmo dentro do jarro eléctrico. Quando o chá estiver pronto retira-se a bola e já está! Pronto a servir.

13
Abr09

Bolo de Côco II

suzi

 

Neste fim-de-semana de Páscoa foram muitas as iguarias experimentadas. A família junta, e como todos adoram doces, fizemos esta receita que estava há algum tempo em cima do frigorífico à espera da sua vez. Ficou uma delícia! Como o côco é muito versátil há imensas receitas que podemos fazer com ele. Esta foi decorada com motivos de Páscoa e parece-me que, hoje, ainda não está, de todo, desactualizada!

 

Foi tirada daqui já há muito tempo. Obrigada por partilhares estas especialidade!

 

Fica a receita tal como a fizemos:

 

Guarnição

Ingredientes:
- 2 ovos
- 150 g de açúcar
- 1 pacote de natas
- 125 g de coco ralado
- 1 dl leite


Preparação:

Misture todos os ingredientes e leve ao lume em lume baixinho até engrossar, mexendo sempre. Deixe arrefecer e reserve.


Bolo

Ingredientes:
- 130 g de manteiga
- 150 g de açúcar
- 2 ovos
- 200 g de farinha
- 1 colher chá de fermento
- 150 ml de leite
- 1 colher café aroma de baunilha


Preparação:

Bata os ovos com o açúcar, junte a farinha e o fermento, o leite, a manteiga derretida e por fim a baunilha.
Numa forma previamente barrada com manteiga e polvilhada com farinha, deite metade da massa do bolo, por cima a guarnição (fria) e por fim a restante metade do bolo. Vai ao forno 40 minutos a 180º.

 

Vale a pena experimentar, o bolo fica húmido em cima. Hummmm! 

11
Abr09

Pão de Soja e Linhaça

suzi

A Rute do Blog Publicar para Partilhar fez um pão que me deixou com vontade de experimentar. Só agora tive oportunidade para o fazer mas asseguro-vos que é uma verdadeira delícia! As farinhas fazem-se facilmente e vale a pena a aventura!

 

Como sempre alterei um pouco a receita a meu gosto. É sempre necessário adaptarmos um pouco as receitas às nossas preferências.

 

 

Ingredientes:

1 copo de leite
¾ copo de água
1 colher sopa mel
1 colher sopa melaço
1 colher chá sal
1 colher sopa azeite
3 copos farinha de trigo
½ copo de farinha de soja
½ copo de farinha de linhaça
1 colher café canela
1 colher café erva-doce
2 colheres chá fermento p/ pão
Passas
 

Preparação:

Amornar o leite e a água e colocar os ingredientes na MFP pela ordem indicada, escolher o programa básico, tamanho 900g e tostagem a gosto. Após 5 minutos do início do programa rectificar a consistência da massa.

Quando a máquina apitar colocar as passas.

 

NOTA: A farinha de linhaça consegue-se moendo ½ copo de sementes de linhaça (na Bimby ou no moínho de café) e a soja do mesmo modo, moendo soja granulada até fazer ½ copo. Também existe já à venda farinha de soja.
 

 

O meu pão não cresceu tanto como deveria, talvez porque o pacotinho do fermento estava aberto há uns dias no frigorífico. Mas ficou com um óptimo sabor, de qualquer modo! Vou fazer novamente!

10
Abr09

Chili de Soja

suzi

Aventurei-me!

 

Não é a primeira vez que faço soja, mas nunca tinha ficado nada de especial e só agora, através de uma amiga, é que percebi porquê. Porque a soja tem que ser bem temperada, com antecedência para ganhar sabor! Eis o truque da soja! Então fiz o seguinte:

 

Pesei cerca de 130g de soja granulada. Coloquei de molho durante cerca de 2 horas.

 

 

Depois retirei a água e escorri muito bem a soja. Temperei com 2 dentes de alho, 1 colher sopa de pimentão, vinho branco, sal, pimenta, noz moscada, louro e molho de soja e deixei no frigorífico de um dia para o outro.

 

 

No dia seguinte coloquei uma cebola a refogar com azeite, juntei um pouco mais de vinho branco, uma malagueta cortada em pedaços e um pouco de água. Deixei ferver até cozer a soja.

 

 

Depois de feito juntei uma lata pequena de feijão preto.

 

 

Quando levantar fervura novamente está pronto!

 

 

Acompanhe com arroz branco. Este sim, foi um sucesso!

09
Abr09

Folar Algarvio - Olhão

suzi

Em primeiro lugar quero dar os Parabéns à minha avózinha que faz hoje 88 anos. Este folar faz também parte da tua prendinha de aniversário! Vou levá-lo hoje! Obrigada por tudo, avó!

 

Todos os anos faço o típico folar da Páscoa. Não é que a Páscoa seja um evento muito marcado na minha família mas a verdade é que todas as épocas me dão motivos para fazer doces. Gosto muito de folar mas o ano passado não me correu muito bem. É claro que, este ano a MFP vem dar uma grande ajuda. Vou fazer o folar típico com os ovos cozidos e com sabor a erva doce. Mas hoje decidi experimentar fazer o folar algarvio que ainda não tinha tido a coragem para fazer.

 

A receita foi tirada do blog da Gasparzinha (onde alterei algumas coisitas) apesar de haver um outro na minha lista que é este.

 

Ingredientes:

1.

1 laranja (sumo)

50g água

sal

150g margarina

1 cálice de aguardente

25g fermento padeiro fresco

500g farinha p/ pão

 

2.

Manteiga derretida q.b.

Açúcar e canela q.b.

 

Preparação:

Colocar na cuba da MFP os ingredientes mencionados em 1. pela ordem mencionada, diluindo o fermento nos líquidos. Seleccione o programa 'Massa'.

Quando terminar o programa divide-se a massa em 10 bolas.

 

 

Estendem-se as bolas com o rolo da massa até fazer um círculo com cerca de 13cm. Barra-se cada círculo de massa dos dois lados com a manteiga derretida...

 

 

... e polvilha-se abundantemente com o açúcar...

 

 

 

...e a canela (ingredientes mencionados em 2.).

 

 

Utiliza-se um tacho alto com cerca de 18 a 20cm de diâmetro, barrado com margarina e polvilhado com pouca farinha. Deixar levedar por cerca de 1 hora.

 

Polvilha-se novamente com açúcar e canela e vai ao forno a 180º por cerca de 50 minutos, no meu forno, mas depende, convém verificar a cozedura ao fim de 25 minutos.

 

Nota: A receita da base não leva açúcar, por isso o açúcar polvilhado é que o vai tornar doce. E o resultado foi este:

 

Ao crescer as camadas deslizaram porque o tacho era maior do que os círculos. Tortinho, mas delicioso!

 

 

FELIZ PÁSCOA PARA TODOS!

08
Abr09

Torta de Chocolate com Orange Curd

suzi

Na última 4ª feira foi o 'Dia Cor de Laranja' que foi um sucesso! Nesse dia a receita que escolhi foi o Orange Curd, um creme aveludado de laranja e toranja que ficou delicioso! Depois tive que procurar uma utilização para aquele creme. Não é preciso dizer que a tarefa não foi fácil, mas o mais difícil mesmo foi conseguir que o creme não desaparecesse antes de ter uma utilização digna... é que os 'ratos' de cozinha eram muitos...

 

Procurei uma receita normalíssima de torta, transformei-a em torta de chocolate e utilizei o creme. Aqui fica a receita:

 

Ingredientes:

5 ovos
200g de açúcar
130g de farinha
1,5 colher de chá de fermento
2 colheres sopa cacau magro

2 colheres sopa de chocolate

 

Preparação:

Bater o açúcar com as gemas até formar um creme branco e fofo. Adicionar a farinha e o fermento, o cacau e o chocolate previamente peneirados e misturar muito bem. Bater as claras em castelo e envolve-las, suavemente, no preparado anterior. Deitar a massa num tabuleiro rectangular com papel vegetal untado com margarina. Leve ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 10 minutos.

 

Retirar do forno e desenformar em cima de um pano polvilhado com açúcar. Deitar o Orange Curd por cima e enrolar com a ajuda do pano. Deixe arrefecer e sirva.

 

 

Ficou excelente!

 

 

Como sobrou um bocadinho de Curd do recheio, deitei por cima o restante!